Edjane diz na Câmara que procurará Delegacia e denunciará Ivanes por Calúnia e Difamação. “Acusou, vai ter que provar”. Veja o vídeo

Mesmo mostrando que tem aliados na Câmara Municipal de Patos, fato comprovado com a derrota de um pedido de convocação de propositura do vereador Ramon Pantera, que tinha como objetivo, explicar a retirada de gratificações dos servidores públicos municipais de Patos, o prefeito interino Ivanes Lacerda (MDB), esteve sob fogo cruzado provocado pelas vereadoras Lucinha Peixoto e Edjane Araújo.

Edjane tentou se mostrar mais equilibrada ao usar a Tribuna, mas assim como fez Lucinha, não poupou palavras para rebater as acusações sofridas na tarde desta terça-feira (19), quando Ivanes usou a imprensa e disse que a vereadora praticou uma gastança com o dinheiro público em benefício próprio dentro da secretaria.

A vereadora disse que não efetuou pagamento de Bolsas escolares para filhos de ricos, afirmou que o prefeito interino não gosta de pobres, que a história julgará eles dois, que já mandou para a Polícia Federal informações sobre a secretaria que até bem pouco tempo estava à frente, que ela e sua equipe foram colocadas para fora por uma determinação política, e que nesta quarta-feira, 20 de novembro, vai procurar a Delegacia de Polícia para denunciar o prefeito de Patos por calúnia e difamação. “Quem fala tem que provar”, disse ela.

Veja o vídeo:

Fonte | Patosonline.com

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.